Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

7 da Madrugada

Um blá blá blá de tudo

Devaneios

por Ensonado, em 20.08.14

Deitado no sofá, ponho-me a ler

A ver e a ouvir o meu passado

Fazes parte dele. Sempre o fizeste

Agora ausente no presente

Longe de mim e tão perto

Aqueces o arrefecido coração

Frio de amor, carente de calor....

 

Nunca fui de poesia

Digo eu a toda a gente

Mas rapidamente vem a alegria

Logo após estar doente

 

E para rimar uma vez mais

Escrevo mais estas letras

Toma cuidado ainda lá cais

De não te aguentares nas canetas...

 

Um beijinho para ti te deixo

Um grande daquele tamanhão

Mais acima um pouco do queixo

Que te toca directo no coração..

 

8 comentários

Comentar post